segunda-feira, 7 de dezembro de 2015

Aprenda a esquecer.

Não queira o que não deu certo.
Não fique remoendo e alimentando aquiloque faz mal.
Tudo que é alimentado sobrevive.
Deixe de alimentar mágoas, lembranças dolorosas, medos e eles morrerão.
Pare de querer viver aquilo que não deve ser vivido.
Aprenda a esquecer.


Sobre a morte

Quando a vida me invade,
com aquela força estranha que não posso em palavras explicar,
a morte também se faz presente no pensar.

Parece um tanto mórbido, mas não.
A morte é real e saber disso é tão forte que facilita o viver.
Descomplica.

Quem vive como se nunca fosse morrer não aproveita os seus dias como deve.

Uma vez o profeta disse sobre tolice,
sobre vaidade,
sobre desperdício,
é tudo verdade.
foi Salomão.
Lembro de seu livro que já degustei muitas vezes.

Tudo passa.
Passa mesmo.
Voa.
Finda.
E quem tem proximidade com essa realidade entende o quanto devemos nos aprofundar na vida.
Na valorização dos dias,
no cuidado,
no amor,
no trato.




terça-feira, 1 de dezembro de 2015

Não

Dizer não é tão ou mais importante que dizer sim.
É mais difícil porém mais definidor e fortalecedor.
Dizer não normalmente é o Sim para uma outra vida.



domingo, 29 de novembro de 2015

Siga!

Sim,
há um sorriso aconchegante.
Mãos aveludadas,
toques inebriantes.

Sim,
há momentos novos,
outros caminhos,
outras coisas...

Siga em frente.


É já.

Chegou a hora de amar um pouco mais.
A hora de usar aquela calça rasgada,
Deixar o cabelo em pé do jeito que sempre quis usar.
Andar com aquele óculos de sol exagerado.
Rir até cansar.

Chegou a hora de deixar sua beleza exalar como perfume.
De deixar sua personalidade usar todas as cores,
todas as músicas,
todas as palavras,
tudo que com ela combina e quer falar.

Chegou a hora de se mostrar.
Revelar-se como é,
e viver.
Viver.
Ser.

Chegou a hora.
É já.


Tudo volta

Ainda haverão aqueles abraços que estão perdidos nas letras das músicas.
Ainda haverão aqueles olhares que foram perdidos nas lágrimas derramadas.

Ainda voltarão aquelas mãos sem saber o que fazer,
aqueles momentos adocicados que o azedume estragou.

Eles voltam.

A volta de tudo é uma volta grande.
Porque tudo está mais claro.
Tudo está mais calmo.
Tudo está mais conhecido.
Tudo espera a volta de tudo...


e tudo volta.


domingo, 22 de novembro de 2015

A resposta

O amor sempre foi e sempre será a resposta.
Ele é tão imenso, tão imenso.

Nele estão inclusos todo perdão, toda paciência, todo perdão e toda de toda paciência, toda bondade e toda e toda misericórdia, nele estão todas as coisas, tudo que há e tudo que pode ser, tudo está no Amor.

Por tais coisas Deus é amor.
É a presença sublime da lágrima feliz que corre nos olhos de quem ama.
Esse amor não precisa ser parental,
não precisa ser sexual,
não precisa ser explicado.
Porquanto amor é amor e ponto.
Toma o peito mas muito maior amor é aquele consciente,
aquele que domina as escolhas,
aquele que pensa e abdica por amor,
aquele que gera respeito,
aquele que gera silêncio,
aquele que gera frutos que não precisam de aplausos,
porque o amor verdadeiro não precisa de glórias,
não precisa mostrar sua entrega aos outros,
não precisa mostrar sua dedicação, sua ajuda,
não precisa anunciar a ninguém,
porque ele entende que o que a mão direita faz a esquerda não precisa saber.

O amor é a resposta.
A inspiração de tudo.



A resposta

O amor sempre foi e sempre será a resposta.
Ele é tão imenso, tão imenso.
Nele estão inclusos todo perdão, toda paciência, todo perdão e toda de toda paciência, toda bondade e toda e toda misericórdia, nele estão todas as coisas, tudo que há e tudo que pode ser, tudo está no Amor.
Por tais coisas Deus é amor.

É a presença sublime da lágrima feliz que corre nos olhos de quem ama.
Esse amor não precisa ser parental,
não precisa ser sexual,
não precisa ser explicado.
Porquanto amor é amor e ponto.
Toma o peito mas muito maior amor é aquele consciente,
aquele que domina as escolhas,
aquele que pensa e abdica por amor,
aquele que gera respeito,
aquele que gera silêncio,
aquele que gera frutos que não precisam de aplausos,
porque o amor verdadeiro não precisa de glórias,
não precisa mostrar sua entrega aos outros,
não precisa mostrar sua dedicação, sua ajuda,
não precisa anunciar a ninguém,
porque o ele entende que o que a mão direita faz a esquerda não precisa saber.

O amor é a resposta.
A inspiração de tudo.



A resposta

O amor sempre foi e sempre será a resposta.
Ele é tão imenso, tão imenso.
Nele estão inclusos todo perdão, toda paciência, todo perdão e toda de toda paciência, toda bondade e toda e toda misericórdia, nele estão todas as coisas, tudo que há e tudo que pode ser, tudo está no Amor.
Por tais coisas Deus é amor.

É a presença sublime da lágrima feliz que corre nos olhos de quem ama.
Esse amor não precisa ser parental,
não precisa ser sexual,
não precisa ser explicado.
Porquanto amor é amor e ponto.
Toma o peito mas muito maior amor é aquele consciente,
aquele que domina as escolhas,
aquele que pensa e abdica por amor,
aquele que gera respeito,
aquele que gera silêncio,
aquele que gera frutos que não precisam de aplausos,
porque o amor verdadeiro não precisa de glórias,
não precisa mostrar sua entrega aos outros,
não precisa mostrar sua dedicação, sua ajuda,
não precisa anunciar a ninguém,
porque o ele entende que o que a mão direita faz a esquerda não precisa saber.

O amor é a resposta.
A inspiração de tudo.



sábado, 21 de novembro de 2015

O outro

E se eu te for gentil e você me machucar, não importa.
Não fui gentil pra você.
Fui gentil porque creio na gentileza.
Creio na educação.
Creio no cuidado.

E se eu te tratar bem e você me tratar mal, não importa.
Não fiz pra você me devolver.
Não vou devolver o mal à você,
porque eu não sou a reação da sua ação.
Sou o que creio e ponto.

Ditado tolo é aquele que diz que a minha educação depende da sua.
Não.
Nosso agir não depende do outro.
Podemos escolher como agir.
Se nos transformarmos nos mostros que detestamos,
de que vale detestar os monstros?
Se reagimos da forma que repudiamos,
de que vale repudiarmos?
Seremos tolos.
Bobos.
Tolos.

O que eu sou, eu sou.

Não muda por conta do outro.

Que seja semente ao outro.



vida

Às vezes a vida tem um som mudo.
Uma voz pronunciada em imagens.


Aprendizados

Sim.
O aprendizado é constante,
tudo muda em um instante mas o equilibrio deve ser a constante que nos abastece.

Aprender é um ato nobre.
Somente aprende aquele que não se sente grande o suficiente que não possa mais crescer.
Só não aprende quem insisti em insistir em ser o que é,
não permitindo ao próprio eu,
às próprias situações,
aos próprios rumos,
apurarem a mudança natural do tempo.

O tolo não muda.
O tolo é tolo o bastante para achar à todos tolos.

Aprender significa mudar.
Não de palavra, mas em ações.
Não em histórias, mas em vivências.
Não por vaidade, mas por verdade.

Aprendizados.





sábado, 31 de outubro de 2015

coisas normais

hoje alguém me disse depois de receber um elogio:


- é que você tem essa energia boa e vê beleza em todos.


e tantas outras palavras disse...

mas há sim, há beleza em todos.

sim. os olhos precisam ser bons para ver.

sim. a boca fala do que está cheio o coração.

sim. há tanto em todos.

há tanta plenitude.
tantas diferenças.
e há essencialmente beleza em todas elas.
em todas diferenças.

há beleza na vida.
nas coisas normais.
no dia a dia.
há beleza nas pessoas.

sim há singularidade.





poesia


poesia do dia a dia.


Os Dias

é que os dias voam tanto e tão rápido
possuem largas e fortes asas
batem forte
impulsionadas
as asas dos dias

é como um piscar de olhos
sem sentir
rápido
não se pode contar
mesmo que queira
mesmo que numere

ah... os dias

são noites os dias
são dias as noites
são risos e prantos
são vida e vida
não digo vida e morte, porque acho que não morre
acho que finda um caminho
e segue-se por outro
a morte tem um peso
palavra dura

mas a gente passa
passa um tempo vivo, eu acho
acho pouco
acho rápido
acho lindo
acho poético
acho incrível

aí passa
o corpo passa
vai embora
acaba
some
vira pó, eu acho
vira terra
vira espaço para planta
vira espaço para outro pó

mas aí... mas aí a gente vive
continua
a alma
aquela coisa que tem dentro desse corpo
desse peregrino corpo
que carrega essa alma eterna que tem dentro de nós

a gente continua
vivo
eterno
cada um "pronde" separou seus atos
pra luz, queria eu que todos
mas nem todos...

uma coisa minh'alma sabe:
somos eternos
eternos
graças
somos eternos

e os dias voam
com asas belas...




domingo, 26 de julho de 2015



Gentileza faz bem pro coração.

Minha grama

A grama do vizinho não a mais verde.
É a nossa.

E se regarmos será ainda mais verdinha.

Mais feliz.

Do jeito que pudermos cultivar.

Do jeito que pudermos amar.


quarta-feira, 22 de julho de 2015

Vá.

Não tenha medo do que você pediu aos céus.
A felicidade amedronta porque é imensa,
interna e preenchedora...
Mas deixa ser.
Deixa estar.
Sê feliz.
Vá.

Que essa coisa grande que toma o peito te tome e faça teu riso tão largo que ao olhar-se no espelho já não saibas se teu nome é o teu ou é felicidade.


botões de gente.

Chega de apertar botões.
Aperta a pele.
Cheira o pescoço.
Olha no olho.
Morde a boca.
Ri no ouvido.

Que os botões se tornem gente.
Botões de gente.




Segredo.

Vou te contar um segredo...
Penso em você quando me deito.
Penso em você quando me deito.
Meu segredo.

Os caminhos mudam.

Os caminhos mudam. Simplesmente mudam se você permitir.
Se olhar sempre par o mesmo lado talvez não permita esses alargamentos de visão. Essa expansão.
Muitas vezes não nos permitimos felicidade em outros lugares. Quremos sempre a mesma fonte, mas a vida não é tão metódica. Ela tem outros tons, outras vozes, outros sorrisos, outras pessoas, outras histórias, coisa que você só pode ver se parar de acompanhar a vida alheia e seguir os sinais da sua.

Os caminhos mudam.

sábado, 4 de julho de 2015

Dias cheios. Dias de amor.

Que os dias sejam sempre cheios de amor.

Algumas pessoas acham ou associam amor aos corações vermelhos, aos beijos de língua, ao sexo quente e forte, a tantas coisas.

Que os dias sejam cheios de amor em tudo.
No pensar no outro.
No bom dia.
No reconhecer as limitações das pessoas.
Entender que somos todos completamente diferentes para que possamos precisar uns dos outros e vivermos novidades a cada dia.

Que os dias sejam cheios de amor profundo.

Aquele que faz o olhar ficar mais firme, mais forte, mas esperançoso, mais sorridente, reluzente, transbordante.

Aqueles que dão consciência que cada dia é uma dádiva, que cada dia pode ser último, por isso tudo que vivemos e todos que temos tornam-se tão importantes quanto realmente são.
Tornam-se presentes de grande amor, extremo valor.

Então o que te desejo, o que desejo, a nós desejo:
Que nossos dias sejam cheios de amor!

Cheios.
Que sejam intensos dias!



terça-feira, 16 de junho de 2015

Fica lá dentro!

Em pensar que essas imagens são reais.
Foram assim tiradas em um dia azul do céu, um dia de raios solares fluindo através das sombras das árvores... através de olhares para vê-los assim tão belos...

Em pensar que em meio a essas belas águas haviam barcos, pessoas conversando, caminhando, sorrindo, amando, contemplando.

Em pensar que não veremos mais essas pessoas. Talvez nunca, ou talvez elas esbarrem em nós em uma dessas esquinas da vida e que provavelmente nem nos lembraremos delas.

Em pensar que os dias passam, são tão breves, a vida eterna, mas o corpo... ah o corpo acaba, desaba, se vai... mas isso que se viu um dia fica.

Fica lá dentro!


domingo, 14 de junho de 2015

O seu

Não faça um minuto de silêncio.
Tente fazer uma hora.
E assim gradativamente cale-se.
Pouco a pouco.

Perceba o mar de besteiras que desperdiçamos com nossa boca.
O quanto exageramos.

Uma imensidão envolve o silêncio.
Ele nunca está só.
Nunca está vazio.
Ele tem preenchimento.
Conheça o seu.


Pena

Quando você tem pena de si mesmo, você não evolui.
Caminha para o abismo da autopiedade e viverá para reclamar de todos que não se apiedam de você.


Palavras

Escrevo porque todos os dias sou reescrita. Sou renovada. Sou melhorada.

Escrevo porque todos os dias vejo as ações entrosadas com as convicções
e da boca saem menos palavras.

São mais pausadas.
Refugiadas no terreno interno estão as palavras.

sábado, 6 de junho de 2015

Gente

Tem muita gente doce escondida atrás de cascas grossas.
Aprenda a respeitar o outro.
Aprenda com o tempo.
Nem todo mundo se revela da mesma forma.
Existem muitas histórias.
Observe, espere e veja que existem coisas que vão além das aparências.



quarta-feira, 3 de junho de 2015

segunda-feira, 1 de junho de 2015

Pense melhor do que tem pensado. 
Observe melhor do que tem observado.
Seja melhor do que tem sido.
Mude a si mesmo.
Melhore a si mesmo.
Seja mais inteiro.

domingo, 31 de maio de 2015

terça-feira, 26 de maio de 2015

É que nem sempre devemos fazer tudo.
Não se ocupe com tudo que pensa e sabe que pode fazer.
Mesmo que tenha habilidades para fazer coisas de monte, nem sempre todas essas coisas são para que você faça.
Não se atormente com milhões de compromissos e coisas que na verdade não lhe darão os frutos que precisa.

Observe. Medite. Avalie.

Essas são atitudes sábias para que entre no lugar certo, naquilo que lhe trará os resultados esperados.
Aprenda a fazer o que deve e não o que quer, porque nem sempre o que você quer dará certo,
e o que você deve fazer dará os resultados certos que tanto deseja.


Bem lá no fundo.
Lá, bem fundo.
Existem aqueles desejos perfeitos. Aqueles pensamentos simples que respondem as perguntas que tornamos complexas porque não aceitamos a simplicidade da nossa própria felicidade.
Bem lá no fundo está somente o necessário.
E para que mais?
Não precisa.
O necessário basta.
Já é felicidade perfeita de sobra.

Acredite no seu interior.


segunda-feira, 25 de maio de 2015

Conquiste

Descanse.
Se cuide.
Sua vidam sua saúde valem mais do que tudo que se possa conquistar.
Conquiste uma vida longa!

domingo, 24 de maio de 2015

Preciso

É que eu preciso do silêncio e da ausência.
Preciso das pausas e das portas fechadas.
Preciso do som do nada.



domingo, 17 de maio de 2015

Se é que você me entende...

Algumas pessoas precisam sair de nossas vidas.
Precisam dar o fora.
Há situações que devem ser terminadas.
Isso muda o rumo de todo o resto.
Alguns caminhos são cheios de trevas,
estradas obscuras,
resultados negativos,
sentimentos destrutivos.
Esses caminhos são sentidos na alma e devem ser mudados.

Caminhos que são aprendidos não precisam novamente serem trilhados.

Vá embora quando tiver que ir.
Diga não. Pode ser uma grande libertação.

Siga as regras da sua alma.
Esqueça o social.

No fim das contas, somos nós que pagamos as contas.

Se é que você me entende...
A verdade é que nem sempre dá pra se dividir.

Felicidades

Uma boa xícara de café e sua fumacinha.
Um pé carregado de frutas.
O som do cachorro sorrindo com o latido.
O abraço de um amigo.
O silêncio e seu abrigo.
Ah... essas são algumas doses profundas de felicidade.
Mesmo que possam não aparentar,
são grandes profundidades.

Poesia

É que só o ato de respirar já forma uma poesia indescritível.

sexta-feira, 8 de maio de 2015

Mude de série

Assim como um estudante quando tira notas boas na prova avança nas séries assim somos nós em nossa vida.

Se passamos nas provas mudamos de série, elevamos nosso conhecimento e não mais teremos que estudar as mesmas coisas. E se porventura forem repetidas as questões já não sofremos a ansiedade de resolver o problemas, pois saberemos a base das respostas.

Eu aprendi que não devo dar voltas na mesma montanha. Isso é simples.

Algumas pessoas têm muito medo do que devem ou não fazer, dizer, como devem se colocar, o que esperar e tudo mais. Esse medo deve ser banido.

Uma grande lição para mudar de série é ouvir a voz interior. É incrível o que nosso ser interior sabe que nossa mente não conhece. Ele vive na profundeza de nossos reais motivos e buscas, aquelas que vez ou outra achamos que são coisas e na verdade não. São essenciais e indispensáveis.

Eu aprendi que para que possa voar mais alto devo fechar os olhos e abrir o coração. Ir. Nâo emocionalmente seguindo a direção das paixões. Aquelas coisas inconstantes e um tanto quanto indomáveis. Não. Não são essas coisas. Paixões e emoções são relacionadas aos nossos desejos, nossa pele, nossa carne e não ao que essencialmente somos, são relacionadas ao que sentimos. O que sentimos não necessariamente está relacionado ao nosso ser interior e sim aos nossos sentidos naturais. Nossa mente, nosso tato, olfato, paladar... nossa visão.

Há uma diferença indescritível entre tais coisas.

Alguém domniado pela emoção se faz capaz de matar.
Alguém dominado por seu interior verdadeiro é capaz de pensar em meio a qualquer situação pois refere-se a vida com consciência realística e não fantasiosa.

Quando olhamos a vida com uma compreensão sensível e cheia de realidade podemos desfrutar mais grandemente dos nossos dias e principalmente a cada exercíco, prova, teste, surpresa... entender que é simplesmente um fator para que o seu conhecimento seja alargado e sua visão à respeito da vida e sua passagem pela terra seja plena.

Não estacione, não pare, não dê voltas na mesma montanha.
Passe, mude de série, de ano, de tempo, de esclarecimento.
Não permita com que suas emoções destruam sua vida.
Seja dominado por aquilo que deseja viver, por aquilo que admira, por aquilo que gostaria de receber.
Aprenda a exercitar o que você crê, aí sim você avança.




quarta-feira, 6 de maio de 2015

Música da Tarde!


Vá fazer!

Chega de mentiras.
Pra queê?
A vida passa tão rapidamente e qualquer dia não iremos mais nos ver.
Chega de omissões.
Pra quê?
O tempo não volta atrás e nunca mais será igual, então por que?
Chega de falsidade.
Sorrir quando não quer.
Sair quando não deseja.
Andar com quem não se admira.
Frequentar um lugar que não é seu.
Chega de olhar pro outro.
Comece olhar para dentro de si.
O que te faz feliz?
Vá fazer.
Vá fazer!

Alguém por acaso será feliz por você?



Não complique

É tudo bem mais simples do que vivemos.
Nós que dificultamos tudo.
Todo problema é menor do que vemos.
Tudo.

As coisas são na base do sim ou não, se colocar talvez complica tudo.
Quer sair?
- sim.
Quer sair?
- não.

Não sei não é uma resposta real. É uma desculpa. Uma covardia. Um egoísmo.

Quer sair?
- sim, mas não tenho dinheiro. Isso é uma resposta.
Quer sair?
- não, mas amanhã vamos.
Isso é ser simples. Ser honesto. Saber aproveitar a vida.

Conflitos são o domínio das incertezas.
Das emoções impensadas.
Das questões interminadas.

Tudo é mais simples.
Quem ama, ama.
Quem não ama não agirá como quem ama.

Quem mente, mente.
Não só para um mas para todos ou sempre que precisar.

Quem é trabalhador nunca fica parado.
Quem é parado nunca quer trabalho.
Quem não quer trabalho invejará.

Quem trabalha terá.

A coisa é simples.
Comeu muito engordou.
Quer emagrecer? Coma menos.
Quer ter um dia mais longo? Durma cedo e acorde cedo.
Quer ter um dia cansativo? Durma tarde e acorde cedo.
Quer um dia improdutivo? Durma tarde e acorde tarde.
Quer aprender? fale menos.
Quer que os outros melhorem? Melhore primeiro.

As coisas são tão mais simples quando saem do pensar e entram no agir.
Quando são respondidas com sinceridade.
Na maioria das vezes gostamos de fantasiar tudo que podemos e complicar o que não é complicado.

A vida é simples,
A vida é simples.
Sim, sim.
Não, não.
Não complique.


domingo, 3 de maio de 2015

Simples assim

Na maioria das vezes a única coisa que precisamos é sair das situações que sabemos que não devemos estar envolvidos.

Sem palavras e desgastes.

Somente agindo da forma correta resolveríamos a maioria dos males que nos afligem.

Fazer o certo porque é certo. Isso resolve.



Encontro

Nossa alma encontra fragmentos dela mesma ao longo do tempo em várias outras almas.

Assim se fazem os encontros que mesmo distantes continuam a fazer de alguma forma inexplicável parte de nós. 

Sem alterações.


Algumas pessoas teriam uma vida muito melhor se simplesmente falassem pouco.


sexta-feira, 1 de maio de 2015

Algumas pessoas só precisam olhar para dentro de si e terão todas as respostas.


Nosso lugar no Instagram

Entre !!!



www.instagram.com/foradacena

O que realmente vale

Você pode ser a poesia na vida de alguém. 
Pode ser a música, a inspiração, o sorriso. 
Você pode ser o motivo de uma oração, de um abraço, de um presente comprado.
Você pode ser a mão que ajuda alguém atravessar a rua, que chora junto, que simplesmente doa seu tempo e ajuda.
Você pode ser para alguém tantas e tantas coisas boas...
Faça o Bem. Aja. Estenda a mão. Abra o coração. 
Exercite sua humanidade. Seja real. 
Isso realmente é o que vale.

Livre

Então você olha à sua volta. 
Cada detalhe, cada cor, cada som, tanta história.

Então você abre a alma para algo maior e percebe que nem tudo é em relação a você, 
as coisas não giram somente a sua volta. Seu olhar passa a ser maximizado.

Existem motivos maiores e inspirações grandiosas a serem seguidas.

Então seus problemas imensos viram nada, suas necessidades viram metas, suas dificuldades estímulos, seu coração vira fé. 

Ai então... Tudo, exatamente tudo muda. 

E você fica livre!

(Imagem de Marcia Nega)



sábado, 25 de abril de 2015

Aprenda que as pessoas não são o que você espera.

Elas são quem são.

Respeite e aprenda a lidar com seus desejos e a realidade.


Expandir o olhar

Aprenda a abrir mão de coisas que você insistentemente tem feito sem resultados.

Na maioria das vezes, recorrer à sabedoria pode mudar tudo.
Existem caminhos melhores que não podem ser vistos se você não expandir o olhar.

Alguns desejos se fossem realizados seriam nossa destruição.

Abra seu coração e domine sua emoção.



sexta-feira, 24 de abril de 2015

Sei.

Não sei se as pessoas estão perdidas ou se acharam nessa grandeza de minuciosidades da rede.
Não sei o que aconteceu com elas.
Talvez me pergunte se calados tornam-se falantes, falantes tornam-se observadores e mundos fantásticos sejam criados com mínimos fatos.
Sim, não sei às vezes mesmo que no fundo saiba e diga que não.
Mesmo que a clareza exista então, ainda assim.
Gosto mesmo é de estar, ouvir, ver e trabalhar. Na realidade.
Sintomático.
Um mundo mau, cheio de grandes olhos que permeiam caminhos distintos.
Laços, armadilhas, males que podem ser facilmente tramados pelas telas obscuras da alma dessas feras.
Elas não são belas. Nada belas.
Não sei se todos estão carentes de gente.
De gente real.
Ou não.
Se não, acho que isso pode ser fatal.

Com o tempo

Com o tempo...

Com o tempo a gente aprende.

Ou apanha o suficiente.

Não sei dizer ao certo, mas o que doi ensina tanto que a lição não precisam mais ser repetida.

Com o tempo aprendemos a não reclamar das quedas, dos tombos, dos enganos que se foram.

Pelo contrário, com o tempo ficamos mais sóbrios, mais humanizados quanto as experiências da vida.

Nada é mais tão cor de rosa, porém a cor é linda!

Muito mais forte a cor fica.

Múltiplas cores, arcos, íris, lindas cores que fazem de tudo muito mais poesia.

Com tempo a vida é mais viva.


MÚSICA DO DIA: Let's Stay Together - Al Green, David Gilmour and Jools Holland

quarta-feira, 22 de abril de 2015

Mais que palavras

Olho no olho.
Suspiro.
Sorriso.
Silêncio.

Eis algumas coisas que falam mais que palavras.




Velha guarda

Gente ligada em imagem, em cores e formas.
Gente que se impressiona com nada, com mentiras e histórias furadas.

Talvez seja uma inspiração estranha criada.
Quando você vê ao vivo não é nada disso.
Muita gente escondida atrás de palavras não praticadas.

Que tristeza.

Sábio é quem vive o que fala.
Esse sim tem uma vida real e não imaginária.

A vida é uma conjunção de detalhes diários que embelezam os dias mesmo na rotina tão mal falada.
A rotina deve ser admirada.
A disciplina.
Tanto quanto a aventura é sonhada.

Cada coisa tem seu peso e sua dádiva.

Talvez daqui a pouco tempo o período seja inverso.

Tempo de toque e de som de risadas.

Talvez não, talvez nada.
Muito mais do nada, da distancia e novela da vida alheia que todos assistem em casa.

Palavras, palavra.

Em tempo de botões se você abraça pode ser mal interpretada.

Se você sorri largo pode ser o príncipe, o cara.

Se você conversa pode até levar pra casa.

O telefone não para.
Voz?
Nada.
Só bipes e toques de mensagens mandadas.
Caladas de vozes.
Faladas.

Gente ligada, desconectada, diferenciada.

E eu?

Acho que velha guarda.


Gente

Tanta gente se importando com o que todos se importam.
Com o que todos pensam.
Com o que todos falam.

Tanta gente longe de si e perto do nada.

segunda-feira, 20 de abril de 2015

A participação do Blog na Tarde Literária

Tive o prazer de estar participando pela segunda vez da Tarde Literária realizada pela ong Instituto Natividade de Responsabilidade Social.

O Instituto esteve presente no 1º Intercâmbio Poético | Movimento Brasil Cultural que produzi e contri com a participação de tantos nobres artistas e não poderia deixar de participar desse encontro. O 2º Incerbâmbio Poético está chegando e teremos mais esse novo encontro de diálogo entre diversas manifestações artísticas.

Falar sobre as letras e poética é sempre um grande prazer. Icentivar a leitura, a produção textual e principalmente o contato humano é essencial à minha alma em tempos de tanto distanciamento físico.

No encontro com autores e artistas da cidade, pude fazer uma boa leitura de um dos meus textos novos que ainda não publiquei no blog chamado TROCENTAS COISAS.

Tenho desenvolvido agora um marcador chamado Pequenas Histórias onde Trocentas coisas está linkado. O texto mostra a dúvida e conflito de uma personagem sobre alguns pontos de definição comum da sociedade. São pequenas histórias desenvolvidas sobre personagens distintos.

Ainda não tenho publicado todos os textos pois estão sendo separados para um trabalho, mas é uma delícia poder dividir essas pequenas histórias com todos.

Seguem fotos desse encontro, onde pude estar ao lado de autores, artesãos e outros queridos. Além de conhecer pessoalmente uma leitora do meu blog, que acompanha meu trabalho pelas redes de comunicação virtual e se tornou uma querida!!! Além de leitora Alessandra começou a publicar seus poemas e suas inspirações.

Obrigada pelo carinho Alessandra!! Um grande beijo!! E vamos estar juntas em outros momentos!!

Algumas das pessoas envolvidas no trabalho

Interpretando o texto TROCENTAS COISAS

troca de livros

José Arimateia querido poeta
Eu e a leitura querida do blog Fora da Cena ao nos conhecermos pessoalmente.
Alessandra está desenvolvendo seu trabalho poético. Beijos Alessandra!!!
E vamos prestigiar esses queridos poetas do nosso universo das letras!
Um belo dia!
Já comecei a leitura do livro de poemas de Heraldo HB

O trabalho da Cidra










quarta-feira, 8 de abril de 2015

Felicidade

Há uma certa felicidade indescrítivel que implode o peito ao realizar algo que reflete o interesse de nossa alma.

Algo que ecoa no silêncio profundo que inspira forte o ar adentro e sorri com lábios suspirantes.

Há uma felicidade que não se deve explicar... para que não seja minimizada.